7 Ideias fabulosas para separar a cozinha da sala

Pide Presupuesto

Número incorrecto. Por favor, compruebe el código del país, prefijo y número de teléfono.
Al hacer clic en 'Enviar' confirmo que he leído los Política de protección de datos y acepto que mi información anterior será procesada para responder a mi solicitud.
Nota: Puedes cancelar tu consentimiento enviando un email a privacy@homify.com con efecto futuro

7 Ideias fabulosas para separar a cozinha da sala

Elisabete Figueiredo – HOMIFY Elisabete Figueiredo – HOMIFY
 de estilo  de DemianStagingDesign,
Loading admin actions …

Até uma década atrás nas nossas casas encontrávamos as zonas todas divididas por espaços e utilizações… Mas com as novas noções arquitetónicas, e com o aparecimento do conceito de loft, ou sótão, onde tudo está unido num só espaço, as divisões entre os espaços começaram a desaparecer. Também as novas dinâmicas do quotidiano e as interações familiares atuais levaram a que as reuniões com a família e os amigos se dessem no mesmo espaço, de modo que a cozinha, a sala de estar e sala de jantar acabaram por ficar unidas num mesmo ambiente. 

No entanto existem pequenos elementos ou adições que podemos fazer a fim de criar fronteiras, não tão fortes nem tão físicas, mas sim mais naturais, e gerar algum tipo de divisão, sem a necessidade de paredes ou divisórias. Dentro desse conceito hoje queremos apresentar-lhe sete grandes ideias para conseguir isto mesmo! Vamos conhecê-las?

​1. Uma coluna gera uma divisão visual

Observe como uma coluna no interior do espaço delimita a área da cozinha e é reforçada por uma bancada suspensa que serve fazer refeições rápidas. Localizada numa esquina, esta bancada gera de forma abstrata um cubo.

Uma bonita visão de branco, castanho e um toque de azul, que combina perfeitamente com a cozinha.

​2. Um jogo de tetos

Outra forma de criar uma divisão entre os espaços é através do teto a várias alturas, e ao mesmo tempo através a iluminação. Veja como a cozinha tem um teto ligeiramente mais baixo, com iluminação direta e luminárias à vista, enquanto na sala observamos uma iluminação indireta graça a uma sanca com rebordo no teto, que rodeia o espaço.

Veja como o teto se abre e gera uma luz ténue e indireta a partir do interior do rebordo.

​3. Um cubo no espaço

3.Um cubo no espaço Por detrás da sala de jantar vemos um volume cúbico no meio da sala, que alberga a cozinha no seu interior. Engenhoso não lhe parece? Metade da parede é feita em vidro que se abre para a área social mantendo contacto visual quando desejado, e quando não apetece partilhar desastres basta fechar a janela que ninguém vai saber. Se gostava de ver mais deste projeto clique aqui!

Uma bonita janela na cozinha que permite ver a sala e tomar parte das conversas entre família e convidados.

​4. O móvel converte-se no separador dos espaços

Cocinas de estilo  de Bodà,

Esta é uma das soluções de separação mais usada atualmente! Os móveis de arrumação tornam-se fronteiras divisórias e assim não funcionam apenas como grandes paredes, mas servem para armazenar tudo aquilo que desejar, são espaços funcionais.

Salones de estilo  de Bodà,

Um armário de arrumação é a divisão perfeita de espaços.

​5. A diferença de pavimentos converte-se em separador de espaços

Outra ação amplamente utilizada, e que nós adoramos, para definir ambiente é a divisão através da mudança de pavimento. Sem haver paredes ou elementos tangíveis no espaço, a mudança no pavimento indica que fizemos uma transição e estamos em outra área. Veja no nosso exemplo, como cozinha se reveste de pedra, enquanto a área social mantém o seu piso de madeira.

Se gostava de ver mais fotografias deste projeto clique aqui!

A mudança de piso é reforçada por uma estrutura de madeira e uma porta de correr que, uma vez fechada, não se imagina o que está por trás.

​6. A cozinha torna-se um nicho

Quando temos espaços reduzidos, ter a cozinha num nicho é a melhor ideia que lhe pode ocorrer, porque não temos elementos que se destaquem, e pelo contrário os elementos da cozinha encontram-se por detrás de um plano imaginário, de maneira a que passamos a percecionar o espaço como um cubo completo, como vemos na imagem.

Um espaço bonito e cheio de luz que nos acolhe sem elementos salientes, e onde o melhor exemplo disso é a cozinha inserida num nicho perfeito.

​7. Pórticos em arco também delimitam espaços

Veja como há uma continuidade espacial, e no entanto se gera uma divisão visual, com os pórticos em arco que encontramos entre a sala de jantar/cozinha e a sala de estar ao fundo, na imagem. Assim foi possível manter um diálogo espacial através dos três ambientes, mas com uma demarcação perfeita entre eles… Se olhar para o chão verá que o piso de cerâmica é o mesmo, mas os arcos geram uma linha de contorno. Uma boa escolha para remodelar casas coloniais!

As relações visuais mantêm-se a qualquer momento através dos portais.

Vivienda Unifamiliar en Tomiño, Pontevedra (Spain): Casas de estilo  de HUGA ARQUITECTOS,

¿Necesitas ayuda con tu proyecto?
¡Contáctanos!

¡Encuentra inspiración para tu hogar!